Blog Página 638

FAMÍLIA CAMPOS: Familiares de Eduardo Campos vão aguardar conclusão de inquéritos para se manifestar sobre acidente aéreo

0

A família do ex-governador Eduardo Campos se manifestou apenas através de nota após uma coletiva de imprensa de integrantes do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) sobre o acidente aéreo que vitimou o pernambucano em agosto passado.

“Após a divulgação oficial das conclusões dos inquéritos civil e criminal, que ainda não ocorreu, e, após acesso completo ao relatório e das investigações do Cenipa, divulgadas hoje, irei me pronunciar sobre as causas do acidente que vitimou meu irmão Eduardo Campos, que venho acompanhando desde o início, estando devidamente habilitado nos autos dos inquéritos, pois teremos uma visão mais global do caso”, afirmou Antônio Campos, irmão de Eduardo.

Uma outra nota também foi divulgada pelo advogado José Henrique Wanderley Filho, que atende a família de Eduardo Campos.

“Com referência à reunião convocada pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), realizada nesta data, presentes os familiares das vítimas do acidente aéreo do dia 13 de agosto de 2014, a família de Eduardo Campos, por seu advogado, esclarece que apenas se pronunciará a respeito do assunto após a conclusão de todas as investigações atualmente em curso”.

Da redação do blog do edy.com.br

Neto

SELEÇÃO: Matrículas para os aprovados na UFPE iniciam nesta semana

0

Os candidatos selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) deverão fazer a matrícula a partir da próxima sexta-feira (30), que ocorrerá no Niate dos Centros de Ciências Biológicas e de Ciências da Saúde (CCB/CCS), logo na entrada da Avenida dos Reitores. Nas unidades de Vitória e do Agreste, a matrícula será na Escolaridade de cada centro. Os dez primeiros colocados da seleção serão apresentados nesta terça-feira (27) em uma coletiva feita pela instituição.

Na etapa de matrícula o candidato precisa levar até a instituição a documentação exigida para os cursos de graduação da modalidade presencial. E além do dia 30, os aprovados para os campi Recife, Vitória e Caruaru terão a segunda-feira (2) e a terça-feira (3) para efetuarem a matrícula da primeira chamada. As datas e os horários são de acordo com a unidade acadêmica e o curso.

A Universidade ofereceu ao todo 6.562 vagas, das quais 5.172 são para o Campus Recife, 960 para o Centro Acadêmico do Agreste (CAA) e 430 para o  Centro Acadêmico de Vitória (CAV) distribuídas em 94 cursos: 78 em Recife, seis em Vitória e dez em Caruaru. O Campus do Agreste, em Caruaru, oferece 960 vagas em dez cursos.

Toda a documentação necessária e as datas para comparecer às instituições podem ser vistas no site da Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos da UFPE (Proacad). Para os retardatários dos três campi a matrícula será na quarta-feira (4) e só poderá ser feita presencialmente ou por meio de um representante legal.

A lista de aprovados já foi divulgada  e pode ser consultada no site do Ministério da Educação (MEC). A universidade foi a terceira instituição com maior concorrência do Brasil, com um total de 177.235 inscrições, tendo uma relação de 27,01 candidatos para cada vaga.

Os que não garantiram uma vaga devem ficar atentos ao prazo para manifestar interesse na lista de espera, que vai desta segunda-feira (26) até 6 de fevereiro. Esta lista será divulgada no dia 20 de fevereiro e os que forem convocados precisarão comparecer  para entregar os documentos para o cadastro de reserva nos dias 25 e 26 de fevereiro, nos mesmos locais divulgados para a primeira chamada da matrícula, nos horários das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Os estudantes devem comparecer para entregar os documentos para o cadastro de reserva nos dias 25 e 26 de fevereiro, nos mesmos locais divulgados para a primeira chamada da matrícula, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

A  relação dos candidatos que forem classificados, após a confirmação da intenção de matrícula da lista de espera do Sisu, será apresentada no dia 3 de março no site da Proacad. A relação geral dos candidatos classificados, por entrada, será no dia 12 de março.

A UFPE alerta os alunos para às possíveis convocações por vagas ociosas, mesmo após o início dos semestres letivos 2015.1 ou 2015.2. Os classificados ou reclasa resificados após o início dos períodos letivos 2015.1 (16 de março de 2015) e 2015.2 (17 de agosto de 2015) da UFPE irão ingressar nas turmas com o período letivo já iniciado, o que exigirá maior esforço para a aprendizagem do conteúdo já ministrado, bem como não ter faltas que impliquem no não cumprimento da frequência mínima às aulas (75%).

Da redação do blog do edy.com.br

ACIDENTE: Pilotos de Eduardo Campos não tinham formação adequada, diz investigação

0

O piloto e co-piloto do jato que transportava o ex-governador de Pernambuco e então candidato à Presidência da República Eduardo Campos não tinham formação adequada para guiar a aeronave. Essa foi a avaliação feita por investigadores do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), que analisam o acidente ocorrido em agosto passado.

O episódio resultou na morte do presidenciável em agosto passado, e vitimou outras seis pessoas -entre elas, o piloto, Marcos Martins, e o co-piloto.

Chefe da investigação, o tenente-coronel aviador Raul de Souza ponderou, nesta segunda-feira (26), que os profissionais atuavam anteriormente em aeronaves semelhantes, mas precisavam de mais treinamento para pilotar o jato em questão.

“Para o comandante transitar de uma aeronave para a outra, precisava de um treinamento de diferença. Para o copiloto transitar de uma aeronave para outra, precisava de um curso completo”, disse Souza em coletiva de imprensa.

Ele argumentou ainda que a aeronave do acidente e aquela guiada anteriormente pelo comandante “são de fabricantes e modelos diferentes e precisam de adaptação para transitar entre um e outro”.

A queda da aeronave que provocou a morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, em agosto passado, não foi motivada por falhas mecânicas ou colisões em voo, apontam dados coletados pelo Cenipa.
O órgão, no entanto, evitou apontar falhas humanas como responsáveis exclusivas pelo acidente.

METEOROLOGIA
Não foram identificadores fatores ligados à meteorologia ou tráfego aéreo que afetassem a segurança do voo, assim como problemas nos motores. “Não existia nenhuma informação que restringia operação da aeronave em Santos”, afirmou Souza. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (26) em coletiva de imprensa.

A análise feita até aqui indicou não haver “anormalidades” em sistemas da aeronave, como problemas hidráulicos ou no combustível. “Os dados preliminares indicam que os motores funcionavam perfeitamente”, diz o Cenipa.

O órgão, no entanto, afirma que ainda não há uma avaliação definitiva sobre as causas do acidente. “Não há ainda qualquer conclusão factível em cima do que nós coletamos. E naturalmente nenhuma hipótese foi ainda desenvolvida ou criada”, disse o brigadeiro do ar Dilton José Schuck, chefe do Cenipa.

Da redação do blog do edy.com.br

Vet

Vereador denuncia abandono de máquinas pela prefeitura de Santa Maria

0

O vereador Anselmo Gomes (PP) de Santa Maria da Boa Vista denuncia descaso da Prefeitura do município com algumas máquinas que poderiam  servir a população. O edil afirma que foi até a oficina e garagem da prefeitura e não gostou do que viu ficando indignado com a situação.

“Estou indignado com o que ví lá e quero chamar atenção da prefeita (Eliane Costa) do secretário, das pessoas que fazem do governo que parem e pensem porque nossos equipamentos estão à beira da sucata, é um completo abandono, a maioria dos nossos maquinários sem pneu, no seco abandonado.

A nossa PC não está na garagem do município eu tive informação que já está em outro local há mais de seis meses a máquina está parada por uma peça que também me disseram que é um valor pequeno, que o município tem como resolver. Nós lamentamos e dizemos à população que na próxima semana irei voltar novamente à garagem da prefeitura e espero que as providências tenham sido tomadas”, disse.

O parlamentar acrescenta: “e o povo do interior clama por máquina pra fazer cacimba, por estrada, por serviços que possam melhorar a vida de nosso povo ”, cobrou.

Para o vereador Anselmo Gomes, a atual gestão está depredando o maquinário do município. “Infelizmente o governo que está a , está depredando, está acabando com o maquinário que tão bem foi recebido, que foram doados pelo Governo Federal e que outros prefeitos adquiriram”,  desabafou.

Da redação do blog do edy.com.br/Com informações de Carlos José/BVFM Santa Maria

Aprovados no Sisu serão conhecidos nesta 2ª feira

0

A semana começa com expectativa para os candidatos que se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. Os 205.514 aprovados serão conhecidos nesta segunda-feira. O MEC não informou o horário que o resultado será liberado, mas adiantou que deve ser no período da manhã.

Para saber se foi aprovado, o participante deve informar a senha e o número de inscrição no Enem. Em Pernambuco são oferecidas 11.525 vagas no Sisu, distribuídas na UFPE, UFRPE, Univasf, IFPE e IF do Sertão.

Aqueles que não conquistarem vaga poderão se inscrever na lista de espera, que servirá para as instituições fazerem os remanejamentos. O período para cadastramento será de segunda-feira até 6 de fevereiro.

Vale lembrar que o estudante só pode efetuar a inscrição no curso que colocou como primeira opção no sistema. Caso ele tenha sido aprovado na graduação que assinalou como segunda opção, mas queira concorrer à primeira opção, deverá se inscrever.

Segundo cronograma, a partir de 11 de fevereiro caberá às instituições divulgarem a lista de candidatos aptos a concorrem às vagas ociosas. Cada universidade definirá em qual data essa relação de estudantes será liberada.

Na UFPE, conforme edital disponível na página www.ufpe.br, a convocação sairá dia 20 de fevereiro. Na UFRPE, a previsão é de que seja apresentada mais cedo, no dia 11 ou 12 de fevereiro.

“Vamos convocar uma quantidade de candidatos de três a cinco vezes maior que o número de vagas disponíveis para mostrarem documentação e confirmarem que querem participar do remanejamento. A ideia é ter um cadastro reserva. Chamaremos os novos classificados à medida que as vagas surgirem”, explica a pró-reitora acadêmica da UFPE, Ana Cabral. O primeiro remanejamento será em 3 de março.

Na UFRPE, de acordo com a diretora de Registro e Controle Acadêmico, Ana Cristina Lemos, o calendário ainda não foi fechado, o que deve acontecer na próxima semana.

“Assim que o MEC nos liberar a lista de espera, dia 11, pretendemos soltar a relação dos inscritos e dos classificados (remanejados). As matrículas deverão ser logo após o Carnaval”, destaca Ana Cristina.

Da redação do blogdoedy.com.br

Com ajuda da Policia Militar, mãe e filha se reencontram após 32 anos em Santa Maria da Boa Vista

0

Em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do Estado, uma belíssima e emocionante história chamou a atenção de toda a população no último sábado (24), um reencontro entre mãe e filha após longos 32 anos.

A história começa quando em meados de 24 de dezembro de 2014, a filha, Maria Aparecida, 32 anos, que atualmente reside em Ouricuri-PE, relatou para Geovana Saldanha,Coordenadora do Serviço Social do Hospital Regional Fernando Bezerra, que estava angustiada e que queria conhecer sua mãe, que provavelmente morava em Santa Maria da Boa Vista.  Geovana abraçou a causa e logo entrou em contato com o Capitão Barros, que atua na 7ª CIPM em Santa Maria da Boa Vista. O Capitão Barros não mediu esforços e entrou na causa com tudo, mobilizando outras pessoas,a exemplo da vereadora de Santa Maria, Dulcinha, que também caiu em campo em busca de informações que pudessem levar ao encontro da mãe, dona Rita. O Sargento T. Santana, que ficou na missão de ajudar após uma viagem que o Capitão Barros precisou fazer, relatou a felicidade que a Policia Militar de Santa Maria sentiu por poder ajudar a promover esse encontro: “nós fizemos a diferença, e é bom para que todos saibam que o serviço policial militar não é apenas de repreensão, é também um serviço que ajuda as pessoas, fico feliz, e pra essa família com certeza nós realmente fizemos a diferença”, finaliza T. Santana.

10891455_830397520354503_3636567357103668917_nDona Maria Rita Farias da Silva, 54 anos, contou que sempre teve vontade de procurar a sua filha, mas que não tinha condições de viajar e temia que a filha não a perdoasse, “engravidei, não tive condições de criar a minha filha e ainda recém-nascida tive que deixar com o pai dela, mas deixei com o coração partido, eu tinha vontade de procurar minha filha, mas não tinha condições de criar, meu pai era doente, os mais velhos trabalhavam para sustentar a casa, então eu não tinha como criar minha filha e tinha medo do que ela poderia achar, mas fico muito feliz, Deus colocou ela no meu caminho e agora não vou mais me separar dela, sempre vou visitar ela lá em Ouricuri”, conta, ainda emocionada, Dona Rita.

 Maria Aparecida, também não escondeu a felicidade, “estou muito feliz por isso, sempre soube que eu tinha uma mãe, só não conhecia, há muito tempo tinha vontade de conhecer minha mãe, nunca esqueci minha mãe, eu sonhava como ela era, não sinto mágoa da minha mãe porque sempre soube o motivo que a levou a me deixar, estou muito feliz e sempre estarei por aqui visitando minha mãe”.

Por: Anderson Guimarães.

Da redação do blog do edy.com.br

Minitransposição para garantir o abastecimento do Agreste

0

Com a situação climática longe de ser revertida, a região do Agreste é uma das mais afetadas pela falta de chuva. Sem previsões no curto prazo, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e o Governo de Pernambuco vão pleitear R$ 25 milhões de recursos federais para construção de um canal de transposição com intuito de socorrer os municípios, que sofrem com o racionamento, e preservar a barragem de Jucazinho, uma das mais afetadas pela estiagem. Atualmente, ela é responsável por alimentar 14 municípios e está com 13,6% da sua capacidade.

De acordo com o diretor Regional do Interior da Compesa, Leonardo Selva, a ideia do projeto é que a água seja transportada do Carmevô, rio perene localizado entre Bonito e Palmares, para Barragem do Prata, situada entre Bonito e Agrestina. “Cerca de 500 litros por segundo de água serão levados através de uma adutora (a ser construída) para o Prata, aumentando a vazão de regularização”, explicou Selva. De lá, a água seguirá, por meio de um canal já existente, para Caruaru, quando outras cidades, co­mo Bezerros, São Caetano e Santa Cruz do Capibaribe, poderão também receber o líquido. Todas elas estão em rodízio de água.

Hoje em dia, a barragem do Prata já encaminha a mesma quantidade, mas, quando – e se entrar em operação -, a ideia é abastecer Caruaru, e demais municípios, em mil litros por segundo de água, ao todo. “Vamos mandar a água para cidades vizinhas através de plataformas já implantadas, como por sistemas de interligações”, justificou o diretor.

Para isso se concretizar, uma comitiva, com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, e com o secretário de Desenvolvimento Econômico (Sdec), Thiago Norões, segue para o Ministério da Integração Nacional amanhã. Na ocasião, os representantes vão apresentar uma nota técnica e pedir o repasse “emergencial”. O valor será usado para construção da adutora e duas estações elevatórias. Projetada para ser feita em tipo “tubulação de engate rápido”, a obra terá extensão de 30 quilômetros (km), podendo ser concluída em três meses.

Segundo Selva, se nada for feito, ou seja, se deixar Jucazinho na mesma situação de ho­­­­je, com a retirada de 1,2 mil litros de água por segundo, a reserva disponível só durará até outubro deste ano. Se o Gover­­­no Federal concordar, dando a possibilidade de preservar a barragem, o volume existente poderá chegar até o ano que vem e o atendimento aos demais 13 municípios terá um alcance mais linear e eficien­­­­­te. Jucazinho, atualmente, é responsável por abastecer Caruaru com 800 litros por segundo.

Essa é uma solução, na opinião do diretor, enquanto a Adutora do Agreste não chega. Prevista para 2017, essa obra é a solução para 68 municípios da região. Questionado se a empreitada seria um gasto duplo, Selva respondeu que como trata-se de uma adutora de engate rápido, os tubos poderão ser comprados e recolhidos quando não estiveram em uso, de modo que o investimento seja reaproveitado em caso de novo evento de emergência. O Ceará e o Rio Grande do Norte já usam esse tipo de tecnologia.

Da redação do blog do edy.com.br

Olimpíadas podem passar por aqui

0

A tradição dos Jogos Olímpicos é visivelmente sólida: salvo pontualíssimas exceções, o maior evento esportivo do planeta costuma ser disputado em apenas uma cidade, a cada quatro anos. A edição de 2016 será diferente. Apesar de o Rio de Janeiro ser a sede principal, as Olimpíadas também terão alguns de seus capítulos escritos em outros centros do país. E Pernambuco tem chances de participar da festa. Afinal, o Comitê Organizador escolherá algumas sub-sedes Brasil afora para a disputa de algumas modalidades. É aí que o Estado entra, além de também se colocar como candidato a abrigar delegações para a disputa dos jogos.

No próximo dia 2 de fevereiro, Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Governo de Pernambuco, deverá se reunir com o ministro do Esporte, George Hilton. No encontro, o secretário pretende lançar Pernambuco como um dos candidatos à sub-sede das Olimpíadas. E, segundo Carreras, o Estado tem credenciais de sobra para conseguir cavar seu espaço no evento. “Estamos localizados em uma região geograficamente privilegiada, em um lugar que facilita a chegada da Europa e das Américas do Norte e Central. Temos um parque hoteleiro com uma boa infra-estrutura, com mais de 15 mil leitos somente no Recife. Temos totais condições de ser sub-sede”, garante o secretário.

felipe-carreras“Também temos um clima parecido com o do Rio de Janeiro, principalmente entre os meses de julho e agosto, que é quando acontecerão as Olimpíadas”, completa Carreras. As praças esportivas também não deverão ser um empecilho para a candidatura pernambucana. Visto que, de acordo com o cronograma do Governo do Estado, as obras no Geraldão e no Centro Esportivo Santos Dumont estarão concluídas em tempo hábil. “Vamos ter equipamentos à disposição para as delegações. Tudo indica que o Geraldão e o Santos Dumont, que é uma das prioridades da gestão de Paulo Câmara (governador), ficarão prontos até o evento”, acrescenta.

O secretário também acredita que o Recife entra com boas chances de realizar algumas das partidas de futebol das Olimpíadas. Afinal, o Comitê Organizador sinalizou que o torneio acontecerá não só no Rio de Janeiro, mas em outras cidades, como São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Salvador. Mais outras duas devem ser selecionadas. Porto Alegre, Manaus e Fortaleza já se manifestaram. A exemplo das outras, a capital pernambucana promete entrar forte na disputa.

“Vamos nos reunir com Carlos Arthur Nuzman (presidente do Comitê Olímpico Brasileiro), vamos nos apresentar ao Comitê Organizador com a intenção de lançar Pernambuco como uma das sedes, não só no futebol, mas também para receber delegações”, assegura Carreras. “Fizemos uma Copa do Mundo dentro dos padrões, não tivemos problemas de mobilidade e isso, somado às nossas outras vantagens, pode fazer a diferença a favor da nossa candidatura”, avalia o secretário.

SAIBA MAIS

O diretor de operações do Comitê Organizador dos Jogos do Rio/2016, Marco Aurélio Vieira se reuniu na última sexta-feira com o governador do Amazonas, José Melo (Pros), e com o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), para conversar a respeito da possibilidade de a Arena Amazônia receber partidas da próxima Olimpíada. Em entrevista coletiva, realizada após o encontro, Vieira garantiu que Manaus é uma das candidatas a sediar partidas de futebol dos Jogos Olímpicos.

Da redação do blog do edy.com